quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Novas informações Brevet Acreúna - 300 km


No último dia 05/01/2019 a organização do Brevet Acreúna pedalou no percurso proposto para os 300 km, seguindo as mesmas condições que os participantes terão. Dessa forma foi possível confirmar os pontos de controle, horários de funcionamento dos estabelecimentos e condições da rodovia.

Saímos às 00:20 da porta do Hotel Galeão (Fundo do Posto Tabocão IV) fazendo a primeira parada no Restaurante Caipirão (KM 89), ponto obrigatório para o registro do cartão passaporte. Este restaurante/lanchonete funciona 24h e apesar de simples é uma opção para alimentação e hidratação uma vez que durante a madruga é o único ponto aberto com estas possibilidades. Chegamos por volta das 4:00 e ficamos por aproximadamente 20 min.

   Primeira parada - PC-1 - Restaurante Caipirão

Passamos por Indiara e entramos na rodovia que dá acesso à cidade de Jandaia. Seguimos por 10 km até chegarmos no condomínio Águas do Capivari. Uma breve parada para o registro (selfie) e retornamos para Indiara.

    Selfie - PC-2 - Condomínio Águas do Capivari

Chegando na BR-060 entramos à direita na BR sentido Acreúna. Um trecho com poucas alterações de relevo onde giramos por mais de 30 km sem possibilidade de parar, pois não tínhamos subidas ou descidas. Aqui deu para sentir falta de uma ladeira, era como se estivéssemos treinando no rolo.

A chegada em Acreúna, Posto/Lanchonete Jacaré, se deu às 07:10, e lá fizemos um bom lanche e descanso de pouco mais de uma hora. Energia recuperada, preparamos o retorno, aproveitando que o tempo estava sem vento.

    PC-3 - Lanchonete Jacaré - Acreúna

A próxima parada foi bem rápida, somente para pegar água e nos despedirmos do ciclista Dirley que nos acompanhou desde Acreúna.

    Indiara - Despedida da companhia do ciclista Dirley (trecho Acreúna-Indiara)

Às 11:00 chegamos no restaurante Casarão, ponto excelente para alimentação e descanso. Ficamos por quase uma 1h e às 12:00 já estávamos prontos para seguir o pedal. Sabíamos que a partir deste ponto as dificuldades aumentariam e que o ritmo diminuiria. Marcamos os pontos que iríamos parar, sendo Posto em Posselândia, Guapó e por fim Goiânia (posto Tabocão).

    Restaurante Casarão - 235 km - Parada para mais um lanche.

E assim seguimos nossa estratégia, com paradas apenas para pegar água e refrescar a cabeça. Nada mais que 15 min em cada um dos pontos.

Tivemos o privilégio de passar pela subida considerada a mais pesada, conhecida como "Nêgo Forte", sem vento contra, o que facilitou a escalada.

Às 15:00 chegamos no ponto final com a convicção que o percurso está bastante favorável a todos. O fato da saída estar marcada para as 00:00 pode causar um certo espanto, mas ajudou bastante para manter o ritmo, pois a temperatura na desgastou e o tráfego de veículos é baixíssimo.

    Resumo do pedal (tempo de movimento, desconsiderando as paradas).

Agradeço imensamente a companhia dos companheiros André e Wilson que não mediram esforços para acompanhar no trajeto. Grandes entusiastas do Longa Distância que vem evoluindo a cada dia.

Obs.: Fazendo o percurso com saída direto para a rodovia, a chegada no hotel constatamos que dava apenas 296 km. Optamos em seguir e fazer o retorno no trevo próximo a fábrica Eternit para fechar os 300 km. Para que todos fiquem com a mesma quilometragem, esta parte do pedal (retorno no viaduto da fábrica Eternit) será feita no início do trajeto.

Confira AQUI a carta de rota oficial do percurso. 

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

BRM 300 - Brevet Acreúna


Vem aí mais um brevet da série 2019. Será o BRM 300, com o percurso entre Goiânia e Acreúna, na BR-060.

As inscrições serão abertas a partir do mês de dezembro no endereço audaxgoias.inscrevase.com.

Data: 09/02/2019
Início: 00:00
Saída/Chegada: Posto Tabocão - (BR-060 - Goiânia)

Percurso: Goiânia / Indiara / Jandaia* / Indiara / Acreúna / Goiânia
* Condomínio Águas do Capivari (GO-320)

Prazo para conclusão: 20 h
Regulamento: AQUI

Uso obrigatório de sinalização (Farol dianteiro e luz vermelha atrás,) e também o colete refletivo.

Distância: 300 km
Altimetria: +/- 2800 m


Abertura das inscrições: 01 / 12 / 2018
Encerramento: 27 / 01 / 2019
      
Valor: 
Lote 1 - 01/12/2018 a 31/12/2018 - R$ 140,00 *
Lote 2 - 01/01/2019 a 17/01/2019 - R$ 150,00 *
Lote 3 - 18/01/2019 a 27/01/2019 - R$ 160,00



* ATENÇÃO: Inscrições dos lotes 1 e 2 terão direito a uma camisa exclusiva do evento.









terça-feira, 13 de novembro de 2018

Medalha Francesa - 2016-2019

Ao término de cada Brevet o participante que concluiu o percurso dentro do tempo estipulado e sob demais condições do regulamento receberá um e-mail para aquisição da medalha francesa referente à distância percorrida.
Lembramos que a medalha é opcional, e o prazo de entrega é de até 30 dias após a conclusão do evento, ou conforme as condições de importação.


domingo, 11 de novembro de 2018

Tempos Jandaia

Tempos do Brevet Jandaia - 200 km


Os tempos estarão disponíveis para questionamento até a próxima segunda-feira (12/11). Após esta data serão enviados para homologação junto ao Randonneurs Brasil.

Dúvidas entrar em contato pelo e-mail: audaxgoias@gmail.com

Tempos Jandaia - 200 km

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Orientações para o Brevet Jandaia

Orientações para o Brevet Jandaia

Conforme divulgamos, os ciclistas que confirmaram inscrição até o dia 08/10 receberão uma camisa do evento. A entrega será feita na loja Prociclo (Avenida Laudelino Gomes - St. Bela Vista, Goiânia - GO - 62-3255-0356) até o próximo dia 08/11 (quinta-feira). Caso não seja possível buscar, poderá pegar no dia do Brevet.


Loja Próciclo

Galeão Gran Hotel (local de saída - Brevet) - (62) 3296-3519


Nosso cronograma será o seguinte:

05:00 - Entrega do kit (numeração, carta de rota, cartão passaporte).

05:30 - Orientações gerais aos participantes.

05:50 - Reinício da entrega dos kits.

06:00 - Autorização para início do brevet.

19:30 - Prazo limite para conclusão do percurso.




segunda-feira, 24 de setembro de 2018

BRM 200 - Jandaia 2018

BRM 200
10 / 11 / 2018

ATENÇÃO: As inscrições continuam até o próximo dia 04/11/2018, porém sem o item "Camisa".

Preparem-se para o primeiro brevet válido para a série 2019. Serão 200 km entre as cidades de Goiânia e Jandaia, com saída do Posto Tabocão (BR-060). O prazo para conclusão é de 13h30min, contados a partir das 06:00.

As inscrições estão limitadas a 50 participantes e cada um receberá uma camisa exclusiva do Audax Goiás - 200 km.

Link para inscrição: http://audaxgoias.inscrevase.com/

 



Segue informações:

Abertura das inscrições: 24 / 09 / 2018
Encerramento: 08 / 10 / 2018

Saída: Posto Tabocão - (BR-060 - Goiânia)
Horário: 6:00
Destino: Jandaia-GO
Chegada: Posto Tabocão - (BR-060 - Goiânia)
Prazo para conclusão: 13 horas e 30 min
Vagas: 50
Valor: R$ 140,00
Link: http://audaxgoias.inscrevase.com
Regulamento: AQUI
Obs.: Não haverá devolução dos valores em caso de desistência.

Percurso:
Distância: 211 km
Altimetria: 2335 m
Mapa: Percurso Goiânia (posto Tabocão) - Jandaia

Incluso: 
Homologação do Brevet no Audax Clube Parisiense
Medalha Audax Goiás
Carta de Rota
Cartão Passaporte
Certificado Audax Goiás
Saquinho "Zip" para colocar carta de rota e cartão passaporte
Camisa exclusiva 200 km.

ATENÇÃO: As vagas estarão abertas até a data limite da inscrição (08/10), podendo ser encerrada caso complete antecipadamente. Caso sejam reabertas as inscrições, não haverá a opção de camisa como parte do kit.



terça-feira, 29 de maio de 2018

BRM 600 - 2018 - Finish

No final de semana dos dias 26 e 27 de maio aconteceu a última série randonneur organizada pelo Audax Goiás. Estiveram presentes 22 ciclistas dispostos a percorrer 600 km entre as cidades de Goiânia-GO e Jataí-GO.

Mandala Audax Goiás - Série 2018.

     Momento de encontro de todos os participantes na saída do hotel Galeão.

Com saída à 00:05 do sábado, os ciclistas apresentavam bastante dispostos a encarar o desafio. Para muitos seria a maior distância já pedalada, o que também causava uma apreensão aos "novatos".
Feita a preleção inicial, com os agradecimentos ao Hotel Galeão pela receptividade nas três últimas etapas BRM, partiram todos rumo à BR-060.

Se por um lado o país passava pelas manifestações, protestos e paralisação dos caminhoneiros, por outro o grupo foi privilegiado pelo baixo movimento na rodovia, o que permitiu uma trafegabilidade com maior segurança. Assim aos poucos os grupos iam se formando conforme o ritmo e afinidade de cada um.

No trecho da primeira madrugada não havia muitas opções para alimentação, porém no KM 82 uma lanchonete com funcionamento 24 horas proporcionou aos interessados a opção de lanche, embora não fosse obrigada a parada neste local, a maioria preferiu manter-se alimentado.

Seguindo até o PC em Rio Verde, dependendo da velocidade que cada um estava desenvolvendo, só foi possível encontrar uma outra opção de lanche, no município de Santo Antônio da Barra, isto no KM 175. Daí a importância de se ter planejado quanto a parada anterior ou mesmo manter consigo mantimento suficiente para percorrer tamanha distância sem alimentação e água.

Chagando em Rio Verde, parada obrigatória. Registro no cartão passaporte, hidratação, alimentação e magrela na estrada. Seriam 90 km de sobe e desce. Na metade do caminho um restaurante para reforçar as energias.

     Parada no PC em Rio Verde. Equipe Corre e Pedala - DF.

No ponto de retorno, em Jataí, uma grande concentração de caminhões, e devido a aglomeração não havia condições para descanso. O motoristas curiosos em saber de onde vinham aqueles ciclistas e para onde iam, muitas perguntas e admiração por ver tanta disposição.

     Concentração de bikes em Jataí-Go. Aqui a falta de combustível não era problema.

No retorno para Rio Verde, o restaurante que tem na metade do caminho já estava fechado, pois devido o baixo movimento na estrada resolveram fechar mais cedo. Mas randoneiro tem que ser prevenido e ter sempre perto um alimento suplementar. O fato é que todos que estavam no trecho conseguiram chegar ao PC do sono.

Já em Rio Verde, com quase 400 km, cada um seguia a sua estratégia de planejamento. Alguns apenas carimbaram o cartão, outros resolveram descansar. Começava assim a etapa de mais um novo dia. O fator psicológico começaria a sobrepor o cansaço e a diminuição das forças. Neste momento havia 19 ciclistas no brevet, com distâncias bastante diferenciadas entre cada um.

No período da madrugada o frio apertou, principalmente para quem está acostumado com o clima do cerrado, enfrentar 8 ºC é desgastante. Após este período, já na parte da manhã, quando o sol esquentou chegando a 38 ºC, uma ventania que exigiu mais ainda das forças. E desta forma todos foram rompendo as barreiras.

    Amanhecer na BR-060. Crédito: Wilson Rezende.

O primeiro ciclista a finalizar, Airton Sena (o nome tem peso, rs) chegou às 05:30 e no decorrer do dia aos poucos novos randoneiros foram chegando, sendo os derradeiros (Rodrigo Bareicha e Lucas Rezende) às 15:50, com a alegria de ter enfrentado o último desafio da série.



Mais fotos clique AQUI.